Mídia
Primeira reunião dos integrantes da Comissão Capixaba para a Discussão da Legislação Eleitoral: resultados serão levados ao Congresso Nacional
ATRIBUNA Vitória, ES, quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011  Com o objetivo de propor soluções para problemas, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) iniciou os trabalhos da Comissão Capixaba para a Discussão da Legislação Eleitoral. O presidente do TRE, desembargador Pedro Valls Feu Rosa. classificou a legislação vigente como ''crônica e ultrapassada''.  ''Há de se discutir uma fiscalização e controle maior da eleição e um novo sistema político. Precisamos de regras claras e simples. O candidato comete abusos nas campanhas e o juiz só pode agir com um processo que é lento'', defendeu Feu Rosa.  O grupo formado contará com a participação de entidades e membros do Judiciário. As reuniões serão realizadas ás terças-feiras, ás 14 horas, na sede do TRE. a conclusão do estudo será encaminhada ao Congresso Nacional na primeira quinzena de junho.  O presidente do TRE ainda criticou a chamada ''judicialização da eleição'', quando os possíveis delitos cometidos e disputas eleitorais são resolvidos no tribunal, depois do pleito. ''Precisamos de uma lei dura, ágil e moderna'', concluiu.  O coordenador do grupo de trabalho, o juiz eleitoral Marcelo Abelha Rodrigues - que vai gerenciar os grupos de discussão junto com o diretor-geral do TRE, Alvimar Dias - afirmou que o código ''é da época da ditadura militar''.  Segundo o procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger, os temas que devem ser debatidos são: propaganda política, coligações e financiamento público de campanha. Vão participar sindicatos, membros do Ministério Público e acadêmicos.

Voltar ao índice